Qual o futuro dos escritórios de AAIs pequenos e médios?

Qual o futuro dos escritórios de AAIs pequenos e médios?

Nos últimos anos, o consenso do mercado de agentes autônomos de investimentos é de que o único caminho para gerar valor de mercado e ser um assessor de sucesso é participar como sócio relevante de um escritório gigantesco, com centenas de assessores plugados no mesmo CNPJ.

Aqui iremos explicar o caminho para você prosperar e criar um valor de patrimônio em uma estrutura enxuta, sem ter a ansiedade de um crescimento desenfreado.

Por que todos querem ser um agente autônomo de investimentos gigantes?

A necessidade de ser um grande agente autônomo de investimentos surgiu com a estratégia das plataformas de priorizar os incentivos financeiros aos maiores escritórios existentes.

Os incentivos foram oferecidos para a retenção do escritório ou para a realização de uma migração de plataforma com a contraparte de que os assessores entreguem metas de crescimento.

Para atingir as metas e acelerar o crescimento, estamos passando por um processo intenso de fusões e aquisições entre os AAIs. Esse movimento faz com que os escritórios médios e pequenos sintam-se obrigados a fundir-se para não serem esquecidos pelo mercado.

Benefícios e desafios dos grandes agentes autônomos de investimentos

Escritórios grandes podem usufruir de vários benefícios como áreas de atendimento segmentadas por classe de ativos, suporte de backoffice, sistemas e treinamentos.

Mas o crescimento traz algumas dores a serem resolvidas:

Formar um novo assessor demanda tempo

Todos os meses temos a entrada de uma quantidade grande de novos profissionais no mercado. Mesmo que eles já tenham algum conhecimento de mercado de investimentos (ex.: bancários), o período de adaptação ao modelo de AAI demanda tempo e atenção de um profissional sênior.

O crescimento desenfreado faz com que estes profissionais não tenham o acompanhamento adequado, gerando quebras de expectativas e um turnover alto. A mudança do assessor de referência gera desconforto aos clientes e problemas aos gestores do escritório.

Fusões geram conflitos de cultura
Toda fusão gera conflitos que influenciam no dia a dia do negócio. Alinhar quem serão as novas lideranças, funções, processos e forma de trabalho é um grande desafio.

Falta de autonomia
Escritórios que recebem aportes de incentivo passam a ter metas agressivas que tiram a sua autonomia de escolher os melhores produtos e formas de atender seus clientes.

Dificuldades em definir um partnership meritocrático
Definir regras claras de partnership é um desafio que envolve a participação de uma boa assessoria de advocacia e a definição de muitos detalhes complexos para um alinhamento em que todos estejam satisfeitos com as normas de aumento, diminuição e saída da sociedade.

Dificuldade para controlar o padrão do atendimento
Quanto maior o número de assessores, mais difícil é o controle da satisfação dos clientes e do padrão de atendimento.

Menor mobilidade para escolher novos parceiros
Quanto maior a quantidade de assessores e clientes, mais difícil a migração para uma plataforma que ofereça melhores condições de trabalho.

Como participar de um negócio bilionário independentemente do tamanho do seu escritório?

O melhor caminho para que um agente autônomo de investimentos tenha valor de equity e participe da valorização que o mercado entrega para instituições financeiras que prosperam é sendo sócio da corretora em que atua.

Desta forma, o assessor pode se concentrar em fazer crescer o seu negócio na velocidade correta, mantendo um padrão de excelência sem a ansiedade de achar que está ficando para trás da concorrência e perdendo oportunidades.

Como sócio da corretora, você compartilhará do crescimento gerado por todos os assessores da plataforma.

Aqui na sim;paul, criamos o programa sim;equity back. Além da comissão gerada pela receita dos seus clientes, converteremos a receita que fica com a plataforma em pontos que serão convertidos em ações em eventos de liquidez.

Faça parte desse crescimento!

Clique no botão abaixo para nossa equipe entrar em contato ou envie um e-mail para [email protected]

Diga sim. Diga sim;paul.

Quer receber o resumo das notícias que impactam seus investimentos?
Se inscreva aqui!